Saiba como modelar o seu negócio e validar as ideias.

O que é validação?


A validação, nada mais é do que a confirmação, com base em dados, de que a sua hipótese é, de fato, verdadeira. Neste caso, considere a “hipótese” como uma afirmação feita sobre qualquer área da sua empresa. Por exemplo, “a pizza média vende mais do que a grande”, “o método de pagamento mais comum é com cartão de crédito” ou “o cliente ideal da minha empresa são mulheres entre 18 e 35 anos”.


O processo de validação deve ser feito desde o momento em que você decide abrir um negócio. Afinal de contas, quando você abre uma empresa precisa saber o que vai vender, para quem vai vender e porque vai vender… e você só terá clareza disso quando validar as suas hipóteses. No entanto, mesmo que a sua empresa já tenha 10 anos e já possua um fluxo de atividades bem definido mas você queira reajustar os preços, vender online ou criar campanhas promocionais, a validação continua sendo importante.


É preciso ter argumentos sólidos para decidir seguir entre a direção X ou Y. Assim você terá mais controle sobre o seu negócio. Quer entender como validar suas ideias e se sentir mais seguro para as tomadas de decisão da sua empresa? Neste artigo vamos explicar o passo a passo da validação. Vamos lá?


Porque validar minha hipóteses?


A validação faz parte da modelagem do seu negócio. Como o próprio nome já diz, essa etapa tem o objetivo de criar um modelo sólido e estratégico. Inicialmente esse modelo será baseado em algumas hipóteses que devem ser validadas posteriormente. O modelo de negócio não foi feito para ser único. Ele vai se alterando conforme as mudanças de comportamento e necessidades do seu público e da própria empresa.


Uma metodologia muito usada para criação do seu modelo é o Business Model Canvas, ou apenas canvas, uma ferramenta de planejamento estratégico, que permite desenvolver e esboçar modelos de negócio novos ou existentes. “Desenvolvido pelo suíço Alexander Osterwalder após um processo colaborativo com mais de 200 consultores pelo mundo, o diagrama do canvas permite uma melhor visualização estratégica na hora da criação do seu negócio.” - Associação Brasileira de Startups.

Se você ainda não tem um canvas, o Sebrae tem uma ferramenta virtual gratuita para te auxiliar. Acesse o link e crie o seu.


Agora com o seu canvas em mãos, podemos partir para a validação de cada parte do seu negócio!


Como validar minhas hipóteses?


Primeiramente entenda que na etapa de validação o que mais te interessa é compreender se o problema que você levantou realmente existe. Para isso, é mais seguro seguir uma metodologia, porque assim nos baseamos em uma sequência lógica para tomar decisões mais assertivas posteriormente.


Abaixo seguem algumas sugestões para você se preparar para o processo de validação.

  • O fluxo deve ser realizado em etapas e de forma iterativa.

  • Monte um time pequeno, focado nessa etapa. Mas caso seja um empreendedor solo, não se preocupe, terá mais trabalho, mas é possível.

  • Crie metas mensuráveis (que podem ser testadas, que sejam baseadas em números...).

  • Monte uma lista com pelo menos 30 pessoas e marque um bate-papo com cada uma delas.

  • Para as primeiras entrevistas você pode escolher pessoas conhecidas. Isso te deixará mais confortável. Mas é importante se lembrar de que você busca validação e não elogios ou mentiras, então devem ser pessoas que de fato fazem sentido.

  • Marque em um local neutro que deixe vocês dois confortáveis. Isso criará um clima amigável.

  • Mantenha um discurso consultivo, e preocupe-se em entender as necessidades e dores da pessoa. Deixe claro que o objetivo é de aprender com a pessoa e não de vender.

  • Nesta etapa você irá realizar experimentos.

  • Observe o comportamento do cliente real em vez de formular perguntas hipotéticas (o famoso – eu acho que...).

  • Por fim, crie um modelo de relatório para que você possa anotar as informações e avaliá-las posteriormente.

A metodologia é baseada no fluxograma abaixo. A ideia é percorrer o fluxo, respondendo as perguntas. Ele começa com a validação de dois campos do canvas: problema e segmentos de clientes. Isso faz sentido para você?


Para mim faz. E te explico o porquê :)


Um produto/serviço precisa de uma característica fundamental para ter sucesso. Ele precisa resolver um problema, sanar a dor de alguém. Por isso, para dar início a validação é importante entender se esse problema realmente existe e se também se as pessoas estão dispostas a pagar por ele.

Então vamos seguir esse fluxo, para entender como ele funciona.


Validação do problema e segmento de clientes. Qual é o objetivo dessa etapa?


Para o bloco “Segmento de Clientes”: identificar os primeiros adotantes

Para o bloco “Problemas”: entender como os clientes priorizam os problemas; identificar o nível de dor: preciso dessa solução / seria bom ter essa solução / não preciso dessa solução; compreender quais são as soluções atuais e como o cliente as utiliza.

Depois dessas entrevistas você precisa responder esses 3 primeiros pontos.

  • Identificar as características e hábitos dos primeiros adotantes;

  • Possuir ao menos um problema que merece ser revolvido;

  • Descrever como os clientes resolvem os problemas atualmente.

Validação da solução e preço


Para isso deve entender se a sua solução faz sentido para o cliente. Prepare uma apresentação e mantenha-se confiante.


Depois dessas entrevistas você precisa responder a esses pontos:

  • As características e hábitos dos primeiros adotantes;

  • Ao menos um problema que merece ser revolvido;

  • Conheça a solução mínima para esse problema;

  • Qual o preço os clientes estão dispostos a pagar;

É importante ressaltar que cada tipo de negócio tem suas particularidades. E que o processo para validação pode variar.

Crie um MVP


A aprendizagem é uma parte importante para medir o progresso da sua empresa. Ao validarmos uma hipótese, podemos focar nossos esforços no que tem mais chance de trazer retorno. Uma maneira de fazer isso é identificando as oportunidades de melhoria a partir das informações coletadas durante a etapa de validação e criar um MVP.


O que é um MVP? É o produto mínimo viável (MVP, na sigla em inglês) que possibilita uma versão do produto com o mínimo de esforço e menor tempo de desenvolvimento. Assim, você poderá construir uma solução para aquela oportunidade de melhoria identificada, testá-la e aprender com os feedbacks. O objetivo de fazer esse MVP é testar essa mudança com rapidez, para mudar de caminho rapidamente, se for preciso.


Sobre a validação


Esse processo de validação, a princípio, parece muito complexo porque são muitas perguntas a serem respondidas. Como qualquer cozinheiro, precisamos testar a receita várias vezes e superar os erros no caminho para entregar um belo bolo. Assim é o processo de validação. Ele deve ser feito diversas vezes e sendo adaptado, mas no final você terá muita informação confiável e poderá entregar um produto de excelente qualidade, com preço atraente e que seu público realmente esteja disposto a comprar.


Temos algumas sugestões de leitura que podem te auxiliar nesse processo:


A startup enxuta – Eric Ries;

The entrepreneur's guide to customer development – Brant Cooper;

Talking to humans – Giff Constable.

Está precisando de Uma Mão aí?


Se você ainda tem dúvidas sobre o processo de validação e quer aprender na prática a validar suas ideias, fique tranquilo, preparamos uma jornada completa para você, inscreva o seu negócio clicando aqui!




26 visualizações1 comentário

Posts recentes

Ver tudo